25 agosto, 2013

OS PORQUÊS DO PORQUINHO - TRABALHANDO O USO DOS PORQUÊS POR MEIO DE TEXTO

Conforme prometido, queridos alunos, vamos trabalhar um texto e focar tanto na sua interpretação e intencionalidade quanto na sua construção e uso dos porquês:

OS PORQUÊS DO PORQUINHO 

(Clóvis Sanches) 




Aconteceu na Grécia! 
Era uma vez um jovem porquinho, belo e bom, muito pequenino, cuja vida foi dedicada à procura dos ________da floresta. Tal porquinho, incansável em sua busca, passava o dia percorrendo matas, cavernas e savanas perguntando aos bichos e aos insetos que encontrava pelo caminho todos os tipos de ________ que lhes viessem à cabeça. 
- ________você tem listras pretas se os cavalos não as têm? – perguntava gentilmente o porquinho às zebras. 
- Pernas compridas ________, se outros pássaros não as têm? indagava às siriemas, de forma perspicaz. 
- ________ isso? __________ aquilo? 
Era um festival de ________, dia após dia, ano após ano, sem que ele encontrasse respostas adequadas aos seus questionamentos de porquinho. 
Por exemplo, sempre que se deparava com uma abelha trabalhando arduamente, ele perguntava ________. E a pergunta era sempre a mesma: 
- Saberias, por acaso, ________ fazes o mel, oh querida abelhinha? 
E a abelha, com seus conhecimentos de abelha, sempre respondia assim ao ________: 
- Fabrico o mel ________ tenho que alimentar a colmeia. 
Mas a resposta das abelhas não o satisfazia, ________ eram os ursos os maiores beneficiados com aquela atividade. 
- Alguma coisa deve estar muito errada, ________ eram os ursões que ficavam com quase todo o mel, sem ter produzido um pingo de mel.- pensava o porquinho. 
Então, valente como os porquinhos de sua época, seguia pela floresta à procura de ursões, fortes e poderosos, ansioso ________ eles soubessem a resposta. Quando encontrava um, perguntava: 
- Senhor, grande e esperto ursão, poderias me dizer a razão e solucionar o ________ da questão? 
E alguns ursos, mais exibidos, até tentavam responder, ________ de mel eles entendiam muito, mas sobre trabalho... as respostas eram sempre do senso comum de ursão e não resolviam a questão. 
- Elas fabricam o mel ________ ele é muito gostoso. – diziam uns. 
- Elas o fabricam ________ o mel é delicioso. – diziam outros. 
Havia aqueles que se limitavam a olhar feio e, ainda, aqueles que até ameaçavam o pobre porquinho e iam embora, sem dizer ________. Apesar disso, o porquinho seguia em frente. 
Um dia - ________ toda história tem um dia especial - o porquinho encontrou um oráculo em seu caminho e resolveu elaborar o seu mais profundo ________. Afinal, oráculo é para essas coisas. Então, ele perguntou com sua voz fininha, mas de modo firme e sonoro 
- ________ existo? 
Houve um profundo silêncio na floresta, e o porquinho pensou que aquele ________ nunca seria respondido, afinal. 
Mas de repente, o oráculo falou, estrondosamente, ________ era oráculo: 
- Procure o Sr. Leão, rei da floresta, e pergunte a ele ________ você existe. Só ele lhe dará uma resposta adequada. 
Então, feliz, animado e saltitante, lá se foi o porquinho à casa do grande e sábio rei da floresta, carregando o seu também grande e sábio ________ . 
Ao chegar à casa do leão, o porquinho bateu à porta e, quando foi atendido por sua realeza, tratou logo de lascar o seu ________ mais precioso: 
- Sr. Leão, rei dos reis, sábio dos sábios, poderia Vossa Alteza me dizer ________ existo? 
E o leão, ________ era leão, respondeu mais que depressa. 

Nhac. 
________ é o fim da história! 
Texto disponível em Nova Escola: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aí!